THE WORK CATEGORY IN THE INTEGRATED TRANSPORT SYSTEM OF FORTALEZA (ITS-FOR)

Abstract

In this article, we intend to discuss the sociospatial relations established within the scope of the Integrated Transport System of Fortaleza (SIT-FOR). In order to do this, we use the category of work, understanding in a Marxist perspective that it is based on labor relations that women and men mediate their relationship with other elements of nature and constitute themselves as social beings. In this sense, in unveiling the roles that the transport system plays in cities, as in ensuring the mobility of the working class towards workplaces, we cannot fail to realize that also the class contradictions engendered in the conflict between bus drivers, collectors and businessmen in the sector are part of the process of (re) producing urban space in cities like Fortaleza.

Author Biographies

Edilson da Silva Porto Neto, Ceara State University (UECE), Brazil

Master's student in the Graduate Program in Geography at the State University of Ceará (ProPGeo - UECE) - Fortaleza (CE), Brazil.

Gabriel Augusto Coelho de Santana, Federal University of Pernambuco (UFPE), Brazil

PhD student in Geography at the Federal University of Pernambuco (UFPE), master in Geography at the Federal University of Pernambuco (UFPE), degree in Geography at the Federal University of Pernambuco (UFPE).

References

ALBORNOZ, Suzana. O que é trabalho? Coleção Primeiros Passos. São Paulo: Editora Brasiliense, 1986. 104 p.

CARLOS, Ana Fani Alessandri. A condição espacial. São Paulo: Contexto, 2011.

CORRÊA, Roberto Lobato. O Espaço Urbano. - 3a. Edição - Rio de Janeiro: Editora Ática, 1989.

ENGELS, Friedrich. Sobre o papel do trabalho na transformação do macaco em homem. In.: MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. História, Natureza, Trabalho, Educação. Gaudêncio Frigotto, Maria Civatta e Roseli Salete Caldart (orgs.). 1a. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2020. 582 p.

GOMES, Maria Terezinha Serafim. O Debate Sobre a Reestruturação Produtiva no Brasil. RA’E GA: o espaço geográfico em análise (UFPR), v. 21, 2011. P. 51-77.

LESSA, Sérgio. Trabalho e proletariado no capitalismo contemporâneo. São Paulo: Cortez, 2007. 359 p.

MARX, Karl. Manuscritos econômico-filosóficos. São Paulo: Boitempo, 2004.

MIRANDA, Valéria dos Santos Noronha; MENDONÇA, Albany; NUNES, Josely. Reflexões acerca das relações de Trabalho x Geração de adoecimento na contemporaneidade. Disponível em: . Acesso em: 01 dez. 2015.

RECK, Garrone. Apostila Transporte Público. Disponível em: . Acesso em: 19 dez. 2015.

SANTANA, Alex Tristão de; MENDONÇA, Marcelo Rodrigues. Geografia e trabalho: uma leitura a partir das transformações territoriais. In: VII SEMINÁRIO DO TRABALHO – TRABALHO, EDUCAÇÃO E SOCIABILIDADE, 24-28 de maio, 2010. Disponível em: < http://www.estudosdotrabalho.org/anais-vii-7-seminario-trabalho-ret-2010/Alex_Tristao_de_Santana_e_Marcelo_Rodrigues_Mendonca_GEOGRAFIA_e_TRABALHO.pdf>. Acesso em: 10 maio 2020.

SANTOS, Milton; SILVEIRA, Maria Laura. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. Rio de Janeiro: Record, 2006.

SOUSA, Alexandre Araújo Cordeiro de. Motorista-cobrador: saúde mental de trabalhadores rodoviários que desempenham dupla função. 2013. 97f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Saúde Pública) – Centro de Ciências da Saúde, Universidade Estadual do Ceará, 2013.

TRIBUNA DO CEARÁ ONLINE. 98% das passagens de ônibus em Fortaleza são pagas com cartão eletrônico. Disponível em: . Acesso em: 10 maio 2020.
Published
31/01/2021
How to Cite
PORTO NETO, Edilson da Silva; SANTANA, Gabriel Augusto Coelho de. THE WORK CATEGORY IN THE INTEGRATED TRANSPORT SYSTEM OF FORTALEZA (ITS-FOR). Geosaberes, Fortaleza, v. 12, p. 44 - 56, jan. 2021. ISSN 2178-0463. Available at: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/1042>. Date accessed: 19 sep. 2021. doi: https://doi.org/10.26895/geosaberes.v12i0.1042.
Section
ARTICLES