EXTREME RAIN EVENTS ASSOCIATED WITH THE RISKS OF FLOODS IN ARACAJU, SERGIPE

Abstract

Chaotic urban growth has led to the existence of risk scenarios caused, among others, by climatic factors. In Aracaju, capital of the state of Sergipe, northeastern Brazil, this reality does not seem to differ from the other medium and large Brazilian municipalities affected by extreme precipitation events. Thus, this article aimed to analyze the occurrence of rain events and their relationship with floods and inundations at the urban area of ​​Aracaju. With the treatment of historical data series collected from the official meteorological station of the National Institute of Meteorology (INMET), data from the Municipal Civil Defense and from journalistic records of the local press, it was possible to analyze, from a systemic perspective, how the dynamics of urban space production ​​has reflected in socio-environmental issues for disregarding the seasonality of precipitation events.

Author Biographies

Thiago Lima Santana Duarte, Federal University of Sergipe (UFS), Brazil

Master's student at the Postgraduate Program in Geography at the Federal University of Sergipe (PPGEO/UFS).

Gabriel Carvalho Santos, Federal University of Sergipe (UFS), Brazil

Master's student at the Postgraduate Program in Geography at the Federal University of Sergipe (PPGEO/UFS).

Francisco Jablinski Castelhano, Federal University of Sergipe (UFS), Brazil

Researcher at the Postgraduate Program in Geography at the Federal University of Sergipe (PPGEO/UFS).

References

BRANDÃO, A. M. Clima urbano e enchentes na cidade do Rio de Janeiro. In: GUERRA, A. J. T.; CUNHA, S. B. (org). Impactos Ambientais Urbanos no Brasil. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001.

CARDOSO, R. S.; AMORIM, M. C. C. T. Análise do clima urbano a partir da segregação socioespacial e socioambiental em Presidente Prudente, São Paulo, Brasil. Geosaberes, v. 6, n. 3, p. 122-136, 2015. Disponível em: http://www.geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/462. Acesso em 07 de maio 2020.

COELHO, M. C. N. Impactos ambientais em áreas urbanas – Teorias, conceitos e métodos de pesquisa. In: GUERRA, A. J. T.; CUNHA, S. B. da (org). Impactos ambientais urbanos no Brasil. Rio de janeiro: Ed. Bertrand Brasil, 2001, p. 19-45. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistageografia/article/view/229259/23626. Acesso em 15 de ago. 2019.

COLTRI, P. P. Influência do uso e cobertura do solo no clima de Piracicaba, São Paulo: análise de séries históricas, ilhas de calor e técnicas de sensoriamento remoto. 2006. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-25102006-123617/pt-br.php. Acesso em: 04 de ago. 2019.

DUBOIS-MAURY, J.; CHALINE, C. Les risques urbains. 2ª ed. Paris: Armand Colin, 2004. In: MENDONÇA, F.A.; LEITÃO, S. A.M. Riscos e vulnerabilidade socioambiental urbana: uma perspectiva a partir dos recursos hídricos. Geotextos, v. 4, n. 1 e 2, p. 145-163, 2008. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/geotextos/article/view/3300/2413. Acesso em 06 de ago. 2019.

FELTRIN, T. F.; RAIA JÚNIOR, A. A. Lei 12.608/12: Instrumento de auxílio à gestão da logística humanitária no enfrentamento de desastres causados por fenômenos naturais. Anais do IX Convibra Administração – Congresso Virtual Brasileiro de Administração, 2012. 13 p.

FRANÇA, S. L. A. A produção do espaço na Zona de Expansão de Aracaju/SE: dispersão urbana, condomínios fechados e políticas públicas. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal Fluminense, 2011.

GONÇALVES, N. M. S. Impactos pluviais e Desorganização do Espaço Urbano em Salvador. In: MONTEIRO, C. A. F.; MENDONÇA, F. Clima Urbano. São Paulo: Contexto, 192p., 2003.

JACOBBI, P. Impactos socioambientais urbanos – do risco à busca de sustentabilidade. In: MENDONÇA, F. (Org.) Impactos Socioambientais Urbanos. Paraná: UFPR, 2004. Disponível em: https://cetesb.sp.gov.br/proclima/2004/05/16/impactos-socioambientais-urbanos-do-risco-a-busca-de-sustentabilidade/. Acesso 07 de ago. 2019.

ÚGEDA JÚNIOR, J.C.; AMORIM, M. C. C. T. Reflexões acerca do sistema clima urbano e sua aplicabilidade: pressupostos teóricos-metodológicos e inovações técnicas. São Paulo: Revista do Departamento de Geografia, volume especial, p. 160-173, 2016. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rdg/article/view/119402/118968. Acesso em: 08/08/2019.

MENDONÇA, F. A. Impactos Socioambientais Urbanos. Paraná: UFPR, 2004.

MENDONÇA, F. A; LEITÃO, S. A. M. Riscos e vulnerabilidade socioambiental urbana: uma perspectiva a partir dos recursos hídricos. Geotextos, v. 4, n. 1 e 2, p. 145-163, 2008. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/geotextos/article/view/3300/2413. Acesso em: 06 de ago. 2019.

MENDONÇA, F.; CUNHA, F. C. A.; LUIZ, G. C. Problemática Socioambiental Urbana. Revista da ANPEGE, v.12, n.18, p. 331-352, 2016. Disponível em: http://ojs.ufgd.edu.br/index.php/anpege/article/view/6409. Acesso em 19 de jul. 2020.

MENDONÇA, V. M. Impactos pluviais na cidade de Presidente Prudente-SP. Monografia (Bacharelado). FCT-UNESP. Presidente Prudente, 2011. Disponível em: . Acesso 19/05/2020.

MONTEIRO, C. A. F.Teoria e clima urbano. São Paulo: IGEOG/USP, 1976.

MONTEIRO, A. As cidades e a precipitação: uma relação demasiado briguenta. Revista Brasileira de Climatologia, 2009. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/revistaabclima/article/view/49390/31567. Acesso em 01 de maio 2020.

MONTEIRO, C. A. F.; MENDONÇA, F. (Orgs). Clima Urbano. São Paulo: Contexto, 2003.

MONTEIRO, J. B.; ZANELLA, M. E. A metodologia dos máximos de precipitação aplicada ao estudo de eventos extremos diários nos municípios de Crato, Fortaleza e Sobral- CE. Geotextos, v. 13, ano 13, n. 2, 2017. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/geotextos/article/view/24011. Acesso em 14 de maio 2020.

OLIVER-SMITH, A. Theorizing vulnerability in a globalized world: a political ecological perspective. In: BANKOFF, G.; FRERKS, G.; HILHORST, D. Mapping vulnerability: disasters, development & people. London: Earthscan, 2004, p. 10-24.

PINTO, J. E. S. S. A Climatologia aplicada aos estudos ambientais. X Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada. Anais... Rio de Janeiro: 2003, p. 1-9. Disponível em: http://cibergeo.org/XSBGFA/eixo1/1.2/260/260.htm. Acesso em 06 de abr. 2020.

PINTO, J. E. S. S; BRAZIL, J. L. S. Estudos empíricos de impactos meteórico: questões básicas da consistência em Aracaju-SE. Revista de Geografia (Recife), v. 33, n. 4, p. 111-131, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistageografia/article/view/229259/23626. Acesso em 15 de ago. 2019.

SANTOS, D. D.; GALVANI, E. Distribuição sazonal e horária das precipitações em Caraguatatuba/SP e a ocorrência de eventos extremos nos anos de 2007 a 2011. Ciência e Natura, v. 36, n. 2, p. 214-229, 2014. Disponível em: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=467546173015. Acesso em 15 de maio 2020.

TEODORO, P. H. M. O clima na urbanização e planejamento em Maringá/PR: uma contribuição metodológica e de aplicabilidade urbana para estudos hidrometeóricos. Monografia (Bacharelado em Geografia) – FCT/UNESP. Presidente Prudente, 2008.

VICENTE, A. K. Eventos extremos de precipitação na Região Metropolitana de Campinas. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-graduação em Geografia. Campinas: Unicamp, 2004. Disponível em: . Acesso em 06 de maio 2020.

WANDERLEY, L. S. A; NÓBREGA, R. S.; MOREIRA, A. B.; ANJOS, R. S.; ALMEIDA, C. A. P. As chuvas na cidade do Recife: uma climatologia de extremos. Revista Brasileira de Climatologia, v. 22, ano 14, 2018, p. 149-164. Disponível em: . Acesso em 26 de abr. 2020.

ZAMPARONI, C. A. G. P. Riscos e desastres naturais em ambiente urbano: o exemplo de Cuiabá/MT. Revista Brasileira de Climatologia, v. 10, ano 8, p. 7-20, 2012. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/revistaabclima/article/view/30581. Acesso em: 12 de maio 2020.
Published
20/06/2021
How to Cite
DUARTE, Thiago Lima Santana; SANTOS, Gabriel Carvalho; CASTELHANO, Francisco Jablinski. EXTREME RAIN EVENTS ASSOCIATED WITH THE RISKS OF FLOODS IN ARACAJU, SERGIPE. Geosaberes, Fortaleza, v. 12, p. 256 - 273, june 2021. ISSN 2178-0463. Available at: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/1089>. Date accessed: 05 dec. 2021. doi: https://doi.org/10.26895/geosaberes.v12i0.1089.
Section
ARTICLES