Um olhar sobre a floresta nacional (flona) de Chapecó: como a população entorno interpreta a relação entre sociedade e natureza

  • Bruno de Matos CASACA Universidade Federal da Fronteira Sul

Abstract

A sociedade humana modificou a natureza, no discurso e na prática, de diferentes formas, de acordo com as intencionalidades e as culturas vigentes. Este artigo visa compreender como os sujeitos interpretam a relação entre sociedade e natureza, através do estudo da população entorno da Floresta Nacional de Chapecó. Utilizando o triângulo metodológico, 49 sujeitos participaram, e os dados foram analisados qualitativamente através de categorização e discutidos com autores que debatem essa relação. Percebe-se a área de estudo é conflituosa. Muitos sujeitos acreditam que essa relação não exista. Daqueles que confirmaram a relação, acreditam que a relação coexiste através do “Auxílio” entre ambos. Considera-se, assim, que compreender as percepções da população é essencial, a fim de auxiliar no processo de manutenção do lugar.

How to Cite
CASACA, Bruno de Matos. Um olhar sobre a floresta nacional (flona) de Chapecó: como a população entorno interpreta a relação entre sociedade e natureza. Geosaberes, Fortaleza, v. 6, n. 2, p. 69 - 78, july 2015. ISSN 2178-0463. Available at: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/412>. Date accessed: 30 sep. 2022.

Keywords

Meio rural; relações; Unidade de Conservação