Análise dos impactos socioambientais decorrentes da mineração na chapada do Araripe, Nova Olinda, Ceará

  • Lireida Maria Albuquerque BEZERRA Universidade Federal do Ceará

Abstract

A pesquisa objetiva analisar o processo de degradação sócio ambiental na Chapada do Araripe, no município de Nova Olinda/Ceará, decorrente da extração e exploração do calcário, oferecendo elementos teóricos, que contribuam para o surgimento de alternativas que contribuam para mitigar os estragos provocados pela atividade da mineração nos moldes capitalistas. A metodologia partiu de uma análise qualitativa, com base no entendimento das características subjetivas e das informações relacionadas às comunidades que vivem no entorno da atividade mineradora e, também o embasamento de literatura específica na área do objeto de estudo. A análise dos impactos ambientais decorrentes da mineração em Nova Olinda é de suma importância para a compreensão da intensidade dos impactos ambientais e como estes comprometem a Chapada do Araripe e seu entorno, bem como, os registros históricos e paleontológicos da bacia sedimentar do Araripe. Percebe-se, que o grau de intensidade dos impactos ambientais resulta de uma exploração não sustentável.

How to Cite
BEZERRA, Lireida Maria Albuquerque. Análise dos impactos socioambientais decorrentes da mineração na chapada do Araripe, Nova Olinda, Ceará. Geosaberes, Fortaleza, v. 6, n. 2, p. 79 - 89, july 2015. ISSN 2178-0463. Available at: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/413>. Date accessed: 30 sep. 2022.

Keywords

Impactos ambientais, Mineração, Calcário e meio ambiente.