Análise ambiental da microbacia hidrográfica do rio salamanca, barbalha, ceará

  • Denise da Silva BRITO UECE
  • Claudia Maria Magalhães GRANGEIRO UECE

Abstract

Esse trabalho tem por objetivo compreender a dinâmica ambiental da Microbacia do rio Salamanca Barbalha-Ceará, partindo da caracterização das unidades geoambientais, e com isso demonstrar a importância da microbacia para município de Barbalha Ceará. Esse trabalho fundamentou-se na análise sistêmica, de acordo com as concepções teóricas e metodológicas propostas por Souza (2000), Santos (2004), FUNCEME (2006), Silva (2012) e Lima (2014). Foram feitos levantamentos bibliográficos, cartográficos e campos para coleta de informações.  Considerou-se quatro unidades Geoambientais: Cimeira estrutural de Chapada, patamar de 700, patamar de 550m e planície fluvial. Caracterizando e identificando cada unidade com suas potencialidades e limitações, logo sugerimos algumas medidas mitigadoras para área: Manejo ambiental da flora e da fauna, Monitoramento das fontes e nascentes fluviais, Recuperação das matas ciliares, Preservação das áreas de proteção permanente e recuperação da biodiversidade
How to Cite
BRITO, Denise da Silva; GRANGEIRO, Claudia Maria Magalhães. Análise ambiental da microbacia hidrográfica do rio salamanca, barbalha, ceará. Geosaberes, Fortaleza, v. 6, n. 3, p. 72 - 83, july 2015. ISSN 2178-0463. Available at: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/460>. Date accessed: 27 feb. 2021.

Keywords

Análise Geoambiental, Semiárido, Chapada do Araripe