O clima urbano de Penápolis, são Paulo, através da temperatura da superfície e de índices radiométricos

  • Janaína Lopes MOREIRA UNESP
  • Margarete Cristiane de Costa Trindade AMORIM UNESP

Abstract

No Brasil, estudos direcionados à climatologia urbana têm avançado no tocante às metodologias de identificação e mensuração de ilhas de calor superficiais, sobretudo a partir da utilização de técnicas de sensoriamento remoto, tais como a aplicação dos índices radiométricos que possibilitam a identificação e a separação de diferentes alvos. Nesse sentido, este trabalho teve como objetivo identificar e analisar as ilhas de calor de superfície na cidade de Penápolis-SP, procurando estabelecer relações entre temperatura dos alvos e os índices NDVI (Normalized Difference Vegetation Index) e NDBI (Normalized Difference Built-up Index). Os resultados demonstraram significativa correlação entre a temperatura da superfície e os tipos de uso e cobertura da terra. Observou-se que as temperaturas mais elevadas se localizaram onde havia construções com coberturas metálicas e solos expostos, que também corresponderam às áreas cujos valores do NDVI foram negativos, próximos a -1, e os valores do NDBI positivos, próximos a +1.

How to Cite
MOREIRA, Janaína Lopes; AMORIM, Margarete Cristiane de Costa Trindade. O clima urbano de Penápolis, são Paulo, através da temperatura da superfície e de índices radiométricos. Geosaberes, Fortaleza, v. 6, n. 3, p. 190 - 202, july 2015. ISSN 2178-0463. Available at: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/468>. Date accessed: 27 feb. 2021.

Keywords

Clima urbano, índices radiométricos, temperatura da superfície.