A organização de redes e governanças na regionalização do turismo: microrregião uva e vinho, rio grande do sul, brasil

  • Suelen De Leal RODRIGUES Instituto Federal Farroupilha
  • Marcelino de SOUZA UFRGS

Abstract

As governanças são instâncias mediadoras do processo de regionalização do turismo e a organização em redes é estimulada pelo Ministério do Turismo. Portanto, o objetivo do presente texto foi analisar a rede do CISGA, um consórcio intermunicipal e da ATUASERRA, uma associação de turismo, na regionalização do turismo na Microrregião Uva e Vinho pertencente à Região turística da Serra Gaúcha, no Rio Grande do Sul – Brasil. Para realização do estudo foi utilizado um modelo estruturado no conceito de rede geográfica, a coleta de dados envolveu procedimentos qualitativos e quantitativos, com emprego de dados documentais, bibliográficos e a realização de entrevistas focais envolvendo informantes qualificados. A análise realizada identificou a necessidade de uma maior integração das ações turísticas, para fortalecer o desempenho das redes do CISGA e da ATUASERRA.

How to Cite
RODRIGUES, Suelen De Leal; SOUZA, Marcelino de. A organização de redes e governanças na regionalização do turismo: microrregião uva e vinho, rio grande do sul, brasil. Geosaberes, Fortaleza, v. 6, n. 3, p. 285 - 298, july 2015. ISSN 2178-0463. Available at: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/476>. Date accessed: 27 feb. 2021.

Keywords

Redes de cooperação. Desenvolvimento. Regionalização. Turismo