Novo código florestal e as implicações nas mudanças da paisagem do cerrado goiano

  • Suelem Martini ASSMANN UFG
  • Fabiano Rodrigues de MELO UFG

Abstract

Este artigo faz breve explanação bibliográfica sobre as discussões do Novo Código Florestal e as mudanças que esta nova lei permite ser feita a paisagem do Cerrado goiano. Segundo pesquisas, as delimitações impostas no Antigo Código Florestal eram as mínimas necessárias para a preservação de uma porcentagem da biodiversidade, tendo também porcentagens mínimas para a manutenção dos ciclos naturais. Assim, o Novo Código Florestal não tem base científica que comprove sua eficiência em preservar os fluxos naturais. Um levantamento das discussões bibliográficas nos dá uma noção de quantos porcentos de biodiversidade está sendo perdido, com os incentivos dados na diminuição do rigor de leis que permitiam ser feita a conservação formal da nossa biodiversidade e a manutenção de ciclos naturais, como o da água.

How to Cite
ASSMANN, Suelem Martini; MELO, Fabiano Rodrigues de. Novo código florestal e as implicações nas mudanças da paisagem do cerrado goiano. Geosaberes, Fortaleza, v. 6, n. 3, p. 299 - 308, july 2015. ISSN 2178-0463. Available at: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/478>. Date accessed: 27 feb. 2021.

Keywords

Novo Código Florestal, desmatamento, biodiversidade, Cerrado.