O papel do turismo e das políticas governamentais na regionalização do nordeste brasileiro

  • Enos Feitosa de ARAÚJO Universidade Federal do Ceará

Abstract

O turismo apresenta-se como vetor de desenvolvimento e regionalização do Nordeste brasileiro indicando novas dinâmicas socioespaciais. Neste contexto buscamos compreender o papel da atividade turística na urbanização e na regionalização deste espaço, enfatizando os estados da Paraíba, Alagoas e Sergipe. Desta forma, os procedimentos teórico-metodológicos partem do que entendemos ser as principais ações do planejamento governamental vinculados ao turismo, iniciadas nos anos 1980-90, onde a hierarquia urbana-regional do Nordeste posicionou estes estados como “secundários” na atividade turística, dentro das esferas econômicas. Destarte, a compreensão das desigualdades socioespaciais regionais perpassam pela percepção da produção espacial no contexto da regionalização e metropolização. No que tange às conclusões, percebemos que os efeitos metropolizadores do Nordeste brasileiro motivam a sua regionalização, interligados por uma hegemonia de lugares e controle de decisões em detrimento a outros, estabelecendo-os no patamar de uma região fragmentada, porém articulada em suas lógicas socioespaciais.

How to Cite
ARAÚJO, Enos Feitosa de. O papel do turismo e das políticas governamentais na regionalização do nordeste brasileiro. Geosaberes, Fortaleza, v. 6, n. 3, p. 346 - 359, july 2015. ISSN 2178-0463. Available at: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/482>. Date accessed: 27 feb. 2021.

Keywords

Turismo, Nordeste, Política governamental.