Uma experiência participativa em programas de educação ambiental no licenciamento ambiental: a implantação do pea barra longa (mg)

Resumo

Este artigo trata da implantação de uma proposta metodológica de educação ambiental (EA) no processo de licenciamento ambiental. Pretendeu-se gerar inovações metodológicas relacionadas aos processos de elaboração, execução e monitoramento de Programas de EA. A proposta foi realizada pelo GEA/UFJF no município de Barra Longa, MG. As ações educativas se deram em quatro fases: 1ª) reconhecimento-aproximação com a realidade local; 2ª) diagnóstico-planejamento participativo; 3ª) difusão/realização de processos educativos/formativos; 4ª) mobilização da comunidade. Como resultados marcantes da vivência contatou-se a iniciativa dos sujeitos participantes em estruturar um Coletivo visando a criação de uma associação comunitária. Quanto às inovações metodológicas propostas houve um grande investimento na formação dos dinamizadores locais para o enfrentamento dos problemas socioambientais. 

Biografia dos Autores

Vicente Paulo dos Santos Pinto, Universidade Federal de Juiz de Fora

Professor Associado do Departamento de Geociências do Instituto de Ciências Humanas da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Mauro Guimarães, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Professor do Programa de Pós Graduação em Programa de Pós-graduação em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Rachel dos Santos Zacarias, Faculdades Integradas Vianna Júnior

Professora do Curso de Gestão Ambiental das Faculdades Integradas Vianna Júnior

Jeniffer de Souza Faria, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Programa de Pós-Graduação em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Marcela de Marco Sobral, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Programa de Pós-Graduação em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Referências

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 11ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.
______. Pedagogia da autonomia: saberes necessários para a prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.
FURNAS. P&D – ANNEL/FURNAS. Educação ambiental no processo de licenciamento ambiental. Diretrizes teórico-metodológicas de implantação e acompanhamento de programas de educação ambiental. Rio de Janeiro: Furnas-Centrais Elétricas S.A, 2015.
GUIMARÃES, M. Educação Ambiental e a Gestão para a Sustentabilidade. In: J. E. SANTOS & M. SATO (orgs.) A Contribuição da Educação Ambiental à Esperança de Pandora. São Carlos/SP: Rima Editora, 2001.
______. A Formação de Educadores Ambientais. Campinas: Papirus, 2004.
LOUREIRO, C.F.B. Educação ambiental no licenciamento ambiental: cenário atual, caracterização, pressupostos e especificidade. Rio de Janeiro: FURNAS, 2012. (Texto impresso).
Publicado
24/04/2018
Como Citar
PINTO, Vicente Paulo dos Santos et al. Uma experiência participativa em programas de educação ambiental no licenciamento ambiental: a implantação do pea barra longa (mg). Geosaberes, Fortaleza, v. 9, n. 18, p. 1 - 12, abr. 2018. ISSN 2178-0463. Disponível em: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/635>. Acesso em: 25 set. 2018. doi: https://doi.org/10.26895/geosaberes.v9i18.635.
Seção
ARTIGOS

Palavras-chave

Geografia; Educação Ambiental; Licenciamento Ambiental