Recursos didáticos não convencionais e seu papel na organização do ensino de geografia escolar

Resumo

O ensino de Geografia escolar, marcado ao longo do tempo pelo predomínio do enciclopedismo, tem passado por uma ressignificação dos conteúdos e temáticas com as quais lida no seu cotidiano. Esta ressignificação envolve tanto o desenvolvimento de diferentes tipos de conteúdos (conceituais, procedimentais e atitudinais), quanto o emprego de recursos didáticos. O presente artigo apresenta resultados de um levantamento bibliográfico sobre o tema “Recursos Didáticos e Ensino de Geografia Escolar” e tem como objetivo ampliar o conhecimento dos professores sobre as potencialidades dos recursos didáticos não convencionais. O emprego desses recursos torna a aprendizagem em Geografia mais rica de significados para os alunos da educação básica.

Biografia dos Autores

Josivane José de Alencar, Instituto Federal do Piauí

Professor de Geografia do Instituto Federal do Piauí (IFPI) - Campus Campo Maior.

Josélia Saraiva e Silva, Universidade Federal do Piauí

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2007). Atualmente exerce o cargo de Professora Associada I no Departamento de Métodos e Técnicas de Ensino da Universidade Federal do Piauí.

Referências

AMORIN, Maurício Andesson Ferreira et al. A informática como ferramenta para o ensino de geografia. In: SILVA, Josélia Saraiva e. Construindo ferramentas para o ensino de geografia. Teresina: Edufpi, 2011. p. 127-144.
ANDRADE, Carlos Sait Pereira; ROCHA, Humberto Augusto Lima. As aulas de geografia no ritmo da música. In: SILVA, Josélia Saraiva e. Construindo ferramentas para o ensino de geografia. Teresina: Edufpi, 2011. p. 117-126.
CALLAI, Helena Copeti; MORAES, Maristela Maria de. Literatura e geografia em uma proposta interdisciplinar. In: PORTUGAL, Jussara Fraga; OLIVEIRA, Simone Santos de; PEREIRA, Tânia Regina Dias Silva. Geografias e linguagens: concepções, pesquisas e experiências formativas. Curitiba: CRV, 2013. p. 133-150.
CASTELAR, Sônia; VILHENA, Jerusa. Ensino de geografia. São Paulo: Cengage Learning, 2003.
CAVALCANTI, Lana Sousa. Ensino de geografia na escola. São Paulo: Papirus, 2012.
COLL, César et al. Os conteúdos na reforma: ensino e aprendizagem de conceitos, procedimentos e atitudes. Porto Alegre: Artmed, 2000.
EVANGELISTA, Armstrong, Miranda; RAMOS, Igor Bahury. A TV em sala de aula: uma proposta de prática educativa em Geografia. In: SILVA, Josélia Saraiva e. Construindo Ferramentas para o ensino de geografia. Teresina: Edufpi, 2011. p. 47-60.
FILIZOLA, Roberto. Didática da geografia: proposições metodológicas e conteúdos entrelaçados com a avaliação. Curitiba: Base Editoral, 2009.
GUIMARÃES, Alanildo Gomes. Cinema, geografia, ensino médio: uma discussão preliminar. In: PORTO, Iris Maria Ribeiro; VLACH, Rubia Farias. Ensino de geografia, diversidade, cidadania: aprendizagens significativas. São Luís. Editora da Uema, 2015. p. 201-221.
JUSTINO, Marinice Natal. Pesquisa e recursos didáticos na formação e práticas docentes. Curitiba: Ibpex, 2011.
LEÃO, Vicente de Paula; LEÃO, Inês de Carvalho. Ensino de geografia e mídia: linguagens e práticas pedagógicas. Belo Horizonte: Fino Trato, 2012
MARTINS, Rosa Elisabeth Militz Wypyczynki. A trajetória da geografia e seu ensino no século XXI. In: TONINI, Ivaine Maria. O ensino de geografia e suas composições curriculares. Porto Alegre: UFRGS, 2011, p. 61-75.
OLIVEIRA, Anita Loureiro et. al. A música e o ensino de geografia: uma reflexão a partir da experiência da UFRRJ-IM na Baixada Fluminense. In: CARDOSO, Cristiane; QUEIROZ, Edileuza Dias de. Rompendo muros entre a escola e a universidade: teoria, práxis e o ensino de geografia na educação básica. Jundiaí: Paco Editorial, 2016. p. 121-137.
OLIVEIRA, Maria Francisca Silva de. Geografia e poesia: diálogo possível no ensino de geografia escolar. 2013. 207 f. Dissertação (Mestrado em Geografia). Programa de Pós-Graduação em Geografia – PPGGEO, Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2013.
QUEIROZ, Edileuza Dias de; CARDOSO, Cristiane. A construção de conhecimentos geográficos através do uso de linguagens. In: QUEIROZ, Edileuza Dias de; CARDOSO, Cristiane. Rompendo os muros entre a escola e a universidade: teoria, práxis e o ensino de geografia na educação básica. Jundiaí: Paco Editorial, 2016. p. 57-71.
SANTOS, Maria Francinélia Pinheiro dos; PINTO, Mário Victor Moura; GALDINO, Vinícius Higino. O facebook no ensino de geografia: desafios e possibilidades. In: SACRAMENTO, Ana Cláudia Ramos; ANTUNES, Charles da França; SANTANA FILHO, Manoel Martins de. Ensino de geografia: produção do espaço e processos formativos. Rio de Janeiro: Consequência, 2015. p. 171-181.
SILVA, Josélia Saraiva e. Habitus docente e representação social do ensinar geografia na educação básica de Teresina – PI. 2007. 201 f. Tese (Doutorado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
SILVA, Josélia Saraiva e. Recursos didáticos não convencionais no ensino de geografia In: SILVA, Josélia Saraiva e. Construindo ferramentas para o ensino de geografia. Teresina: Edufpi, 2011. p. 61-76.
SILVA, Josélia Saraiva e; SILVA, Gil Anderson Ferreira. Histórias em quadrinhos no ensino de geografia: exemplos da prática. In: SILVA, Josélia Saraiva e. Construindo ferramentas para o ensino de geografia. Teresina: Edufpi, 2011. p. 61-76.
SOARES, Maria Lúcia de Amorin. O ensino de geografia em tempos pós-modernos. In: ASARI, Alice Yakito; MOURA, Delgado Paschoal; LIMA, Rosely Maria de. Múltiplas geografias: ensino, pesquisa e extensão. Londrina: UEL, 2012. p. 17-33.
TOMITA, Luzia Mikito Saito. Os desafios de aprender e ensinar geografia. In: ASARI, Alice Yakito; MOURA, Delgado Paschoal; LIMA, Rosely Maria de. Múltiplas geografias: ensino, pesquisa e extensão. Londrina: UEL, 2012. p. 35-54.
ZABALA, Antoni. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed, 2010.
Publicado
24/04/2018
Como Citar
ALENCAR, Josivane José de; SILVA, Josélia Saraiva e. Recursos didáticos não convencionais e seu papel na organização do ensino de geografia escolar. Geosaberes, Fortaleza, v. 9, n. 18, p. 1 - 14, abr. 2018. ISSN 2178-0463. Disponível em: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/645>. Acesso em: 18 dez. 2018. doi: https://doi.org/10.26895/geosaberes.v9i18.645.
Seção
ARTIGOS