O pacífico colombiano, de região a paisagem: uma leitura desde o simbólico e cultural

Resumo

Este artigo pretende fazer uma leitura do Pacifico colombiano, desde os elementos que constituem a paisagem cultural, na medida, em que se desenvolve uma crítica ao conceito frequentemente utilizado de região, o qual, não responde ou não dá resposta às dinâmicas culturais e simbólicas que aí se tecem. Pois o Pacifico quando restrito a um recorte reduzido como região natural, empobrece seus elementos ecossistêmicos e culturais. Portanto, se propõe nesse estudo apresentar exemplos que embasam a paisagem cultural como categoria de analise, permitido a ampliação do estudo das relações e processos de transformação decisivos na composição simbólica intra-regional. Especialmente entre as comunidades negras e floresta úmida tropical.

Biografia dos Autores

Jesica Wendy Beltrán Chasqui, Universidade Federal do Ceará, Brasil

Doutoranda no programa de Pós-graduação em Geografia (UFC).

Christian Dennys Monteiro de Oliveira, Universidade Federal do Ceará, Brasil

Professor do Programa de Pós-graduação em Geografia (UFC).

Referências

BARTOLOME, R.C. Os paradoxos do imaginário. Ensaio de filosofia. São Leopoldo Editora UNISINOS, 2003.
BERQUE, A. Paisagem-marca, paisagem-matriz: elementos da problemática para uma geografia cultural. In: CORRÊA, Roberto Lobato; ROSENDAHL, Zeny. (orgs) Geografia cultural: uma antologia, Vol. 1. Rio de Janeiro: Ed UERJ, 2012.
COSGROVE, D. A geografia esta em toda parte: cultura e simbolismo nas paisagens humanas. In: CORRÊA, Roberto Lobato; ROSENDAHL, Zeny. (orgs) Geografia cultural: uma antologia, Vol. 1. Rio de Janeiro: Ed UERJ, 2012.
CORRÊA, R. L. Denis Cosgrove - A paisagem e as imagens. Espaço E Cultura, UERJ, RJ, N.29, P.7 -21, jan./jun. de 2011.
CLAVAL, P. A paisagem dos geógrafos. In: CORRÊA, Roberto Lobato; ROSENDAHL, Zeny. (orgs) Geografia cultural: uma antologia, Vol. 1. Rio de Janeiro: Ed UERJ, 2012.
ESCOBAR, A. Territorios de diferencia: Lugar, movimientos, vida, redes. Samava Impresiones, Popayán, Colombia, 2010.
ESCOBAR, A. Desplazamientos, desarrollo y modernidad en el Pacifico colombiano. In: RESTREPO, E; ROJAS, A. (Eds.). 2004. Conflicto e (in) visibilidad: Retos en los estudios de la gente negra en Colombia. Popayán: Editorial Universidad del Cauca. pp. 53-72, 2004.
GOMES, Paulo Cesar da Costa. O conceito de Região e sua discussão In: CASTRO, Iná Elias de; GOMES, Paulo Cesar da Costa; CORREA, Roberto Lobato (orgs) Geografia: conceitos e temas. 13ª Ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010.
GONZÁLES, Z.C. Música, identidad y muerte entre los grupos negros del pacífico sur colombiano. Revista de la Universidad de Guadalajara, series: La colección de Babel, 27. N° 1-48, 2003.
GUTIÉRREZ, C. Marimba de chonta: um instrumento de matriz africana Considerações sobre a sua representação no projeto de identidade nacional da Colômbia. Trabalho de conclusão de curso, Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, 2015.
HAESBAERT, R. O mito da desterritorialização: do fim dos territórios a multiterritorialidade. 8ª ed. Rio de Janeiro, Bertrand 2014.
HIDALGO, G. Cambiar para ser tradición redefinición de la identidad y profesionalización del saber artístico en los Maestros del Carnaval de Negros y Blancos de San Juan de Pasto (Colombia). Dissertação de mestrado, Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales FLACSO sede Argentina, 2012.
MAIA, C. Ensaio interpretativo da dimensão espacial das festas populares. Proposições sobre festas brasileiras. In: CORRÊA, Roberto Lobato; ROSENDAHL, Zeny. (orgs). Manifestações da cultura no espaço. Rio de Janeiro: Ed UERJ, 1999.
OSORIO, C. Estudio sobre la representación, uso, y significación de la naturaleza en comunidades Negras del Pacifico. (Proposta de pesquisa Doutorado em Ciências Ambientais). 2012.
OLIVEIRA, M.C. Espirito nômade em espaços de educação ambipatrimonial. In: FURTADO, Nelson et al (Orgs). Coletânea VII “Planejamento urbano de bacias hidrográficas”. Mossoró, RN: EDUERN, 2018.
OSLENDER, U. Espacio e identidad en el pacífico colombiano: perspectivas desde la costa caucana. Revista Cuadernos de Geografía, Vol. VII, No. 1-2, 1998.
OSLENDER, U. Comunidades negras y espacio en el Pacifico colombiano: hacia un giro geográfico en el estudio de los movimientos sociales. Bogotá: Instituto Colombiano de Antropología e Historia ICANH, 2008.
PRIMERA, G. Territorio y territorialidad: el caso de las comunidades negras en Colombia a en investigaciones en construcción. Bogotá: Unibiblos, 2005.
SERJE. M. El Revés de la Nación. Territorios Salvajes, Fronteras y Tierras de nadie. Bogotá: Universidad de los Andes, 2011.
SAUER, C. A morfologia da paisagem. In: Corrêa, Roberto Lobato; Rosendahl, Zeny. (orgs) Geografia cultural: uma antologia, Vol. 1. Rio de Janeiro: Ed UERJ, 2012.
TUAN, Y. Topofilia: um estudo da percepção, atitudes e valores do meio ambiente. Tradução Livia de Oliveira. Londrina Eduel, 2015.
UNESCO. Organização das Nações Unidas par a Educação Ciência e Cultura. 2009. Disponível em: https://ich.unesco.org/es/RL/el-carnaval-de-negros-y-blancos-00287. Acesso em: 29 ago. 2018.
WEST, R. Las tierras bajas del Pacifico colombiano. Tradução Claudia Leal, Bogotá DC. Julio del 2000.
Publicado
05/09/2018
Como Citar
CHASQUI, Jesica Wendy Beltrán; OLIVEIRA, Christian Dennys Monteiro de. O pacífico colombiano, de região a paisagem: uma leitura desde o simbólico e cultural. Geosaberes, Fortaleza, v. 9, n. 19, p. 1 - 11, set. 2018. ISSN 2178-0463. Disponível em: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/698>. Acesso em: 17 nov. 2018. doi: https://doi.org/10.26895/geosaberes.v9i19.698.
Seção
ARTIGOS