CONFLICTS AND DISPUTES FOR LAND AND WATER: THE GERAIZEIROS PEOPLE OF CORRENTINA-BA AND THE EXPANSION OF AGRIBUSINESS IN THE MATOPIBA’S CERRADO

Abstract

The article in question discusses the idea of rural development using as an example the experience of the geraizeiros peoples of Correntina-BA when dealing with the effects of the expansion of agribusiness in the Matopiba’s Cerrado. As a methodology, bibliographic review and fieldwork in the highlighted region were used. In addition to the discussion on the idea of rural development, the text also addresses the conflicts over water and land in Correntina-BA, the attempt to criminalize the groups of re-existence and, finally, highlights the perception and reports of the subjects who are directly involved. However, it is understood that the search for rural development has been based solely on economic bias and as a result there is an intensification of inequalities existing in these spaces.

Author Biographies

Priscila Barbosa de Jesus, Federal University of Goiás (UFG), Brazil

Master's student in Geography at the Federal University of Goiás (UFG).

Maria Geralda de Almeida, Federal University of Goiás (UFG), Brazil

Professor of the Postgraduate Program in Geography at the Federal University of Goiás (UFG).

References

ALMEIDA, Maria Geralda. Uma leitura etnográfica do Brasil sertanejo. In: SERPA, A., (Org.) Espaços culturais: vivências, imaginações e representações. Salvador: EDUFBA, 2008.

______. Fronteiras sociais e identidades no território do complexo da usina hidrelétrica da Serra da Mesa-Brasil. In: BARTHE-DELOIZY, F., and SERPA, A., (Org.) Visões do Brasil: estudos culturais em Geografia [online]. Salvador: EDUFBA; Edições L'Harmattan, 2012.

ALCÂNTARA, Denilson Moreira; GERMANI, Guiomar Inez. As comunidades de fundo e fecho de pasto na Bahia: Luta na terra e suas especializações. Revista Geografia. v 7, n. 1, 2010.

BRASIL. Previdência da República. Decreto Nº 8447, de 6 de maio de 2015. Disponível em: . Acesso em: 20 maio 2020.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Desenvolvimento, Progresso e Crescimento econômico. Lua Nova, São Paulo, 93: 33-60, 2014.

CUNHA, Tássio Barreto. A produção no Oeste da Bahia controlada por estrangeiros e a sua vinculação/subordinação ao capital. Campo-Território: revista de geografia agrária, v. 11, n. 25, p. 05-34, dez., 2016.

FAVARETO, Arilson. Concepções de desenvolvimento e de intervenção pública no Brasil rural sob o governo Temer e além. Raízes, vol. 37, nº 2, 2017.

______. Entre chapadas e baixões do Matopiba: dinâmicas territoriais e impactos socioeconômicos na fronteira da expansão agropecuária no cerrado / Favareto Arilson (Org.), São Paulo: Prefixo Editorial 92545, 2019.

FERREIRA, Lorena Izá, et al. Disputas territoriais em Correntina-BA: Territorialização do agronegócio, resistencia popular e o debate pragmático. NERA – Núcleo de Estudos, Pesquisas e Projetos de Reforma Agrária – Artigo DATALUTA: outubro de 2017.

HAESBAERT, Rogério. Território e Identidade: o encontro entre “gaúchos” e nordestinos no Brasil. Niterói: EDUFF, 1996. Disponível em: https://cutt.ly/VmUuV9l. Acesso em: 02 abr. 2020.

IBASE (Instituto Brasileiro de Análises Social e Econômicas) – A ocupação dos cerrados: Uma análise crítica. Setembro – 1986.

SILVA, Queina Lima da. Educação do campo e a luta pela terra no contexto Matopiba: Um estudo de caso sobre o acampamento Zequinha barreto, no Oeste da Baiano. Brasília, 2018, 192 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-graduação da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília, Brasília, 2018.

LIMA, Sélvia de Carneiro; CHAVEIRO, Eguimar Felício. O cerrado goiano sob múltiplas dimensões: um território perpassado por conflitos. Espaço em Revista, Catalão, v. 12, n. 2, jul./dez. 2010.

MATOPIBA Tchê: A saga dos gaúchos que desbravaram a região. 2015. 1 vídeo (10:23). Disponível em: . Acesso em: jan. 2020.

MENDONÇA, Marcelo Rodrigues. As Transformações Espaciais no Campo e os Conflitos pelo Acesso à Terra e a Água: As Novas Territorialidades do Agrohidronegócio em Goiás. In: Revista Pegada. vol. 16, n. Especial, 2015.

MONDARDO, Marcos Leandro. Da migração sulista ao novo arranjo territorial no oeste baiano: “territorialização” do capital no campo e paradoxos na configuração da cidade do agronegócio. Campo-Território, v5, n. 10, 2010, p. 259-287.

MONTENEGRO Jorge Ramon Goméz. Desenvolvimento em (des)construção: narrativas escalares sobre desenvolvimento territorial rural. 438 f. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Presidente Prudente, 2006.

SANTOS, Iann Dellano da Silva. A gênese do urbano no oeste baiano: os núcleos de povoamento e a rede de vilas no século XIX. Geotextos, vol. 12, n. 1, jul 2019.

SIMON, Pedro. As diásporas do povo gaúcho. Brasília: Senado Federal, 2009.

SOUZA SOBRINHO, José de. O camponês geraizeiro no Oeste da Bahia: as terras de uso comum e a propriedade capitalista da terra.2012. 436 f. Tese (Doutorado em geografia) – Faculdade filosofia, letras e ciências humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

SOUZA, Marcelo Lopes. “Território” da divergência (e da confusão): em torno das imprecisas fronteiras de um conceito fundamental. In: MARCOS, Aurélio Saquet, ELISEU, Savério Sposito (Org.) Territórios e territorialidades: teorias, processos e conflitos. –1. ed.- Expressão Popular: UNESP. Programa de Pós-Graduação em Geografia. São Paulo. 2008.

SHNEIDER, Sérgio. A abordagem territorial do desenvolvimento rural e suas articulações externas. Sociologias, Porto Alegre, ano 6, nº 11, jan/jun 2004, p. 88-125.

VEIGA, José Eli da. Uma Estratégia de Desenvolvimento Rural, Anais da 49ª Reunião Anual da SBPC, Bel. 1997.

VILLALOBOS, Jorge Ulisses Guerra; ROSSATO, Geovanio. A Comissão Pastoral da Terra (CPT): notas da sua atuação no Estado do Paraná. Boletim de Geografia, Maringá, ano 14, n. 1, p. 19-31, set. 1996.
Published
06/02/2022
How to Cite
JESUS, Priscila Barbosa de; ALMEIDA, Maria Geralda de. CONFLICTS AND DISPUTES FOR LAND AND WATER: THE GERAIZEIROS PEOPLE OF CORRENTINA-BA AND THE EXPANSION OF AGRIBUSINESS IN THE MATOPIBA’S CERRADO. Geosaberes, Fortaleza, v. 13, p. 40 - 54, feb. 2022. ISSN 2178-0463. Available at: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/1085>. Date accessed: 02 july 2022. doi: https://doi.org/10.26895/geosaberes.v13i0.1085.
Section
ARTICLES