A ORIENTAÇÃO COMO MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE GEOGRAFIA

  • Francisco Kennedy Silva dos SANTOS Universidade Federal de Pernambuco

Abstract

Este artigo resulta de uma investigação que teve por objeto as aprendizagens de docentes produzidas com base na orientação à monografia ou trabalho de conclusão de curso em curso de Geografia. O estudo parte da concepção de que a atividade docente de orientação exige uma integração entre saber ensinar e saber pesquisar e circunscreve-se no seguinte problema: Qual a racionalidade que movimenta o trabalho docente do professor de ensino superior que orienta Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) na área de Geografia para efetivação do ensino e pesquisa no âmbito da ação docente? Tal debate se inscreve na literatura que aborda a relação do professor com a pesquisa e o trabalho de orientação como mediação pedagógica (ANDRÉ, 2006; DEMO, 2003; LUDKE e OLIVEIRA, 2009; entre outros). A investigação baseou-se na abordagem qualitativa com referencial metodológico na etnometodologia.  A pesquisa contou com a colaboração de 18 professores, sendo 16 do curso de Geografia e dois do curso de Pedagogia da UFPE. Os procedimentos utilizados foram: questionários e entrevistas. Os resultados reafirmam a tese de que as estratégias desenvolvidas na orientação revelam a prática e a experiência como campo pedagógico de aprendizagem e servem como suporte para o desenvolvimento da ação docente.
Published
27/02/2014
How to Cite
SANTOS, Francisco Kennedy Silva dos. A ORIENTAÇÃO COMO MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE GEOGRAFIA. Geosaberes, Fortaleza, v. 4, n. 8, p. 79-86, feb. 2014. ISSN 2178-0463. Available at: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/215>. Date accessed: 06 oct. 2022.
Section
ESTUDOS EDUCATIVOS

Keywords

Ensino e Pesquisa; Aprendizagem Docente; Ensino de Geografia