Espaço vivido e identidade regional: um olhar sobre o leste e o oeste do recôncavo baiano

  • Caê Garcia CARVALHO UFBA
  • Renata Olivera SILVA UFBA
  • Angelo SERPA UFBA

Abstract

Apoiado nas entrevistas com os sambadores, verificamos a influência do espaço vivido no desenvolvimento de uma afeição regional e no fortalecimento das imagens regionais. Dessa maneira, o Recôncavo emerge como representação, que, por sua vez, é definida e mediada pelas manifestações culturais. Mas nem todo o Recôncavo se apresenta assim. Dividimos o Recôncavo em leste e oeste; no leste, o samba se mostra mais fortalecido; já no oeste, muito enfraquecido. Assim, buscamos investigar a influência do espaço vivido no sentimento topofílico regional, pois é a abrangência e a manutenção desse vivido que dá cara e cor ao Recôncavo por parte dos sambadores do leste. Em contraste, no oeste, a escala reduzida do espaço vivido tem por consequência a não identificação do Recôncavo com suas imagens regionais tão aclamadas no leste (a negritude afro-brasileira e suas manifestações).

Palavras-chave: Região do Recôncavo; samba de roda; espaço vivido; representação regional. 

How to Cite
CARVALHO, Caê Garcia; SILVA, Renata Olivera; SERPA, Angelo. Espaço vivido e identidade regional: um olhar sobre o leste e o oeste do recôncavo baiano. Geosaberes, Fortaleza, v. 6, n. 1, p. 224 - 237, july 2015. ISSN 2178-0463. Available at: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/380>. Date accessed: 06 aug. 2020.

Keywords

Região do Recôncavo; samba de roda; espaço vivido; representação regional