Geomorfologia e geodiversidade do médio curso da Bacia Hidrográfica do rio Poti (Piauí), Nordeste do Brasil

  • Francílio de Amorim dos Santos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí

Resumo

Os objetivos do estudo foram: realizar uma caracterização geoambiental; identificar o potencial geomorfológico em um trecho do médio curso da Bacia Hidrográfica do rio Poti, situado entre os municípios de Juazeiro do Piauí e Castelo do Piauí, no Nordeste do Estado do Piauí. Visando operacionalizar os objetivos, utilizou-se o MDE SRTM e Manual Técnico de Geomorfologia do IBGE associado a trabalho de campo, realizado no dia 04 de março de 2017. Desse modo, foi possível identificar 3 (três) unidades geomorfológicas, que apresentam potencialidades particulares, quais sejam: Superfície Pedimentada Dissecada em Morros e Colinas, onde se destacam os pavimentos detríticos, originados devido atuação do intemperismo mecânico, característicos da região Nordeste do Brasil (NEB); Patamares Estruturais da Bacia Hidrográfica do rio Poti, que entre os principais elementos destaca-se o Parque Municipal Pedra do Castelo; Vale da Bacia Hidrográfica do rio Poti, onde se evidencia o Canion no médio curso, com a presença de marmitas de dissolução. Diante do exposto, cabe enfatizar que no trecho estudado, que corresponde ao médio curso da Bacia do rio Poti, apresenta significativa diversidade geomorfológica que possibilita o desenvolvimento do turismo, desde que sejam criadas estratégias que para a conservação desse patrimônio geomorfológico.

Biografia do Autor

Francílio de Amorim dos Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí
Licenciado em Ciências Biológicas pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (2007); Licenciado em Geografia pela Universidade Estadual do Piauí (2010); Mestre em Geografia pela Universidade Federal do Piauí (2015). Atualmente, é aluno do Programa de Pós-Graduação em Geografia, em nível de Doutorado, da Universidade Estadual do Ceará (UECE). É docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí/Campus Piripiri, Classe D III, em regime de Dedicação Exclusiva. É parecerista ad hoc de 7 periódicos científicos, com foco na área de Geografia. Faz parte do Grupo de Estudos em Geografia Física (UFPI), Grupo de Estudos em Geotecnologias: Pesquisa e Ensino (UFPI) e Grupo de Estudos em Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (IFPI). Tem experiência em Geociências com ênfase em Geografia Física atuando principalmente nos seguintes temas: Bacias Hidrográficas, Desastres Naturais (Secas e Inundações), Desertificação, Vulnerabilidade socioespacial, Unidades de Conservação, Análise e Mapeamento Geoambiental, Geoprocessamento.
Publicado
02/09/2017
Como Citar
DOS SANTOS, Francílio de Amorim. Geomorfologia e geodiversidade do médio curso da Bacia Hidrográfica do rio Poti (Piauí), Nordeste do Brasil. GEOSABERES: REVISTA DE ESTUDOS GEOEDUCACIONAIS, Fortaleza, v. 8, n. 16, p. 121 - 131, set. 2017. ISSN 2178-0463. Disponível em: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/582>. Acesso em: 12 dez. 2017.
Seção
ARTIGOS

Palavras-chave

Bacia de Drenagem; Potencialidades; Nordeste do Piauí.