Efetividade de manejo em unidade de conservação com manguezais: estudo de caso no litoral do Ceará, nordeste do Brasil

Resumo

As unidades de conservação (UC) têm papel fundamental no desenvolvimento sustentável da zona costeira, entretanto, o conhecimento sobre a efetividade do manejo em manguezais é escasso. Dessa forma, o trabalho teve como objetivo analisar o grau de efetividade de gestão de uma UC na costa oeste do Ceará, a APA do estuário do rio Curu. A metodologia utilizou questionários junto a gestora, bem como visitas a campo para avaliar 10 indicadores da efetividade de manejo. O resultado obtido foi medianamente satisfatório, pois mesmo com a atuação da gestora e o envolvimento de parte da comunidade, existem pontos a serem melhorados, principalmente nos âmbitos dos usos legais e ilegais, que receberam os piores resultados. A criação de uma UC por si só não é garantia de proteção ambiental, tão importante quanto sua criação é a gestão efetiva, que só é possível, com um manejo integrado participativo.

Biografia dos Autores

Rayza Ponce Leon Araruna, Universidade Federal do Ceará, Brasil

Mestre em Ciências Marinhas Tropicais (UFC).

Marcelo de Oliveira Soares, Universidade Federal do Ceará, Brasil

Doutor em Geociências (UFRGS). Professor do Instituto de Ciências do Mar (Labomar/UFC).

Referências

ADDISON, P.F.E., FLANDER, L.B., COOK, C.N. Arewemissing the boat? Current uses of long-term biological monitoring data in the evaluation and management of marine protected areas. Environmental Management, v. 149, p.148-156, 2015.
ALMEIDA, L. T., OLÍMPIO, J. L. S., PANTALENA, A. F., ALMEIDA, B. S., SOARES, M.O. Evaluating ten years of management effectiveness in a mangrove protected area. Ocean & Coastal Managemnet, Ceará, v. 125, p. 29-37, 2016.
ANDAM, K.S., FERRARO, P. J., PFAFF, A., SANCHEZ-AZOFEIFA, G.A., ROBALINOJ. A. Measuring the effectiveness of protected area networks in reducing deforestation. Proceedings of the National Academy of Science, v.105, p. 16089-16094, 2008.
ARAÚJO, J. L., BERNARD, E. Management effectiveness of a large marine protected area in Northeastern Brazil. Ocean & Coast Management, v. 130, p. 43-49, 2016.
ARTAZA-BARRIOS, O. H; SCHIAVETTI, A. Análise da Efetividade do Manejo de duas Áreas de Proteção Ambiental do Litoral Sul da Bahia. Gestão Costeira Integrada, Bahia, v. 7, n. 2, p. 117-128, 2007.
ASMUS, M. L.; KITZMANN, D. I. S.; LAYDNER, C. Gestão costeira no Brasil: estado atual e perspectivas. Montevideo: Ecoplata, 2004. 63 p.
BANZATO, B. M. Análise da Efetividade das Unidades de Conservação Marinhas de Proteção Integral do Estado de São Paulo. 2014. 164 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) – Departamento de Ciências Ambientais, Universidade de São Paulo, São Paulo. 2014.
BASÍLIO, T. H., FARIA, V. V., FURTADO-NETO, M. A. A. Fauna de Elasmobrânquios no Estuário do rio Curu, Ceará, Brasil. Arquivos de Ciências do Mar, Ceará, v.41, n. 2, p. 65-72, 2008.
BASNIAK, M. T. R., SOARES, R. V., TETTO, A. F., MEIRA, M. Efetividade de manejo de reservas particulares do patrimônio natural municipais: o caso da RPPNM Airumã, Curitiba/PR. Enciclopédia Biosfera, Paraná, v.11, n. 22, p. 1107- 1119, 2015.
BENNETT, N.A., DEARDEN, P. Why local people do not support conservation: community perceptions of marine protected area livelihood impacts, governance and management in Thailand. Marine Policy, v 44, p. 107-116, 2014.
BORGES, L.A.C., REZENDE, J.L.P., COELHO JÚNIOR, L.M. Aspectos técnicos e legais que fundamentam o estabelecimento das APP nas zonas costeiras – restingas, dunas e manguezais. Gestão Costeira Integrada, v. 9, p. 39-56, 2009.
BRANDÃO, C. S., MALTA, A., SCHIAVETTI, A. Temporal assessment of the management effectiveness of reef environments: the role of marine protected áreas in Brazil. Ocean & Coastal Management, v. 142, p. 111-121, 2017.
CABRAL, N.R.A.J., OLIVEIRA, I.S.R., SILVA, A. C. Grau de efetividade de manejo do parque nacional de Jericoacoara/CE sob a visão dos atores sociais. OLAM, Ceará, v. 11, n. 2, p. 85-105, 2011.
CARNEY, J., GILLESPIE, T.W., ROSOMOFF, R. Assessing forest change in a priority West African mangrove ecosystem. Geoforum, v. 53, p.126-135, 2014.
CIFUENTES, A. M.; IZURIETA, V. A.; FARIA, H. H. Medición de la Efectividad del Manejo de Areas Protegidas. Costa Rica: CATIE, 2000. 108 p.
COOK, C. N.; CARTER, R. W.; HOCKINGS, M. Measuring the accuracy of management effectiveness evaluations of protected áreas. Journal of Environmental Management, v. 139, p. 164-171, 2014.
CRAIGIE, I.D., BAILLIE, J.E.M, BALMFORD, A., CARBONE, C., COLLEN, B., GREEN, R. E., HUTTON, J.M. Large mammal population declines in Africa's protected areas. Biological Conservervation, v. 143, p. 2221-2228, 2010.
DUDLEY, N., SHADIE, P., STOLTON, S. Guidelines for applying protected area management categories: including IUCN WCPA best practice guidance on recognising protected areas and assigning management categories and governance types. Switzerland: IUCN, 2008. 21 p.
ERVIN, J. Rapid assessment of protected area management effectiveness in four contries. BioOne, v. 53, n. 9, p. 833-841, 2003.
FIGUEIROA, A.C., BRASIL, G., PELLIN, A., SCHERER, M. E. G. Avaliação da efetividade da integração das Unidades de Conservação federais marinho-costeiras de Santa Catarina. Desenvolvimento e Meio Ambiente, Paraná, v. 38, p. 361-375, 2016.
FRANÇA, J. E., CAVALCANTE, M.R.A., ANDRADE, R.M.B., CABRAL, N. R. A.J. Análise da efetividade de manejo do parque ecológico do Cocó, Fortaleza-CE. OLAM, Ceará, v. 8, n.1, p. 268- 285, 2008.
GIRI, C., LONG, J., ABBAS, S., MURALI, M.R., QAMER, F.M., PENGRA, B., THAU, D. Distribution and dynamics of mangrove forestsof South Asia. Journal of Environmental Management, v. 148, p. 101-111, 2015.
GORAYEB, A., GOMES, R.B., ARAÙJO, L.F.P., SOUZA, M. J. N., ROSA, M.F., FIGUEIRÊDO, M.C.B. Aspectos Ambientais e Qualidade das Águas Superficiais na Bacia Hidrográfica do Rio Curu – Ceará – Brasil. HOLOS Environment, Ceará, v. 7, n. 2, p. 105-122, 2007.
GORAYEB, A., SOUZA, M. J. N., FIGEUIRÊDO, M. C. B., ARAÚJO, L. F. P, ROSA, M. F., SILVA, E. V. Aspectos geoambientais, condições de uso e ocupação do solo e níveis de desmatamento da bacia hidrográfica do rio Curu, Ceará – Brasil. Geografia, Ceará, v. 14, n. 2, p. 86 – 106, 2005.
HANSEN, A.J., DEFRIES, R. Ecological mechanisms linking protected areas to surrounding lands. Ecological Applications, v. 17, p. 974–988, 2007.
HOCKINGS, M., STOLTON, S., LEVERINGTON, F., DUDLEY, N., COURRAU, J. Evaluating effectiveness: a framework for assessing management effectiveness of protected areas. Gland: IUCN. 2006. 105. p.
LIMA, G. S.; RIBEIRO, G. A.; GONÇALVES, W. Avaliação da Efetividade de Manejo das Unidades de Conservação de Proteção Integral em Minas Gerais. Revista Árvore, Minas Gerais, v. 29, n. 4, p. 647-653, 2005.
MAIORANO, L., FALCUCCI, A., BOITANI, L. Size-dependent resistance of protected areas to land-use change. Proceedings of the Royal Society Lond B: Biological Science, v. 275, p. 1297-1304, 2008.
MENEZES, M.O.T., ARAÚJO, F. S., ROMERO, R.E. O sistema de conservação biológica do estado do Ceará: diagnóstico e recomendações. Revista Eletrônica do PRODEMA, Ceará, v.5, n.2, p. 7-31, 2010.
MUTHIGA, N.A. Evaluating the effectiveness of management of the Malindi-Watamu marine protected area complex in Kenya. Ocean & Coastal Management, v. 52, p. 417-423, 2009.
NETO, F. O. L., GORAYEB, A., SILVA, E.D., RABELO, F. D.B. Diagnóstico ambiental e zoneamento funcional do estuário do rio Curu: subsídios para a gestão local e regional. Revista Eletrônica Georaguaia, Ceará, v. 3, n. 1, p. 97-113, 2013.
OLIVEIRA, I. S. R., CABRAL, N. R. A. J. Análise da efetividade de manejo do parque nacional de Ubajara. OLAM, Ceará, v. 11, n.2, p. 56-84, 2011.
QUAN, J., Ouyang, Z., Xu, W., MIAO, H. Assessment of the Effectiveness of Nature Reserve Management in China. Biodiversity and Conservation, v. 20, p, 779-792, 2011.
QUINTELA- FALCÃO, T.O., MORAIS, J. O., PINHEIRO, L.S. Morphodynamics of the Curu Estuary Inlet – Brazil. Journal of Coastal Research, Ceará, v.64, p. 805-808, 2011.
ROY, A.K.D. Determinants of participation of mangrove-dependent communities in mangrove conservation practices. Ocean & Coastal Management, v. 98, p. 70-78, 2014.
SAMPAIO, H. L. Análise Integrada do Modelo de Proteção Ambiental e Gestão das Unidades de Conservação do Município de Paraipaba – CE. 2007. 199 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) – Departamento de Desenvolvimento e Meio Ambiente – Universidade Federal do Ceará, Ceará, 2007.
SATUMANATPAN, S., SENAWONGSE, P., Thansuporn, W., KIRKMAN, H. Enhancing Management Effectiveness of Environmental Protected Areas, Thailand. Ocean & Coastal Management, v. 89, p. 1-10, 2014.
SILVEIRA, A.C., SILVA, A. C., CABRAL, N.R.A.J., SCHIAVETTI, A. Análise de efetividade de manejo do geopark do Araripe – Brasil. Revista Geográfica da América Central, Ceará, número especial, p. 1-15, 2011.
SNUC – Sistema Nacional de Unidades de conservação, 2000. Disponível em . Acessado em 21 de out de 2014.
SOARES, M. O., PAIVA, C. C., GODOY, T., SILVA, M.B., CASTRO, C.S.S. Gestão Ambiental de Ecossistemas Insulares: O caso da Reserva Biológica do Atol das Rocas, Atlântico Sul Equatorial. Gestão Costeira Integrada, v. 10, n. 3, p. 347-360. 2010.
STRUHSAKER, T.T., STRUHSAKER, P.J., SIEX, K.S. Conserving Africa's rain forests, problems in protected areas and possible solutions. Biological Conservetion. v. 123, p. 45-54, 2005.
TUPPER, M., ASIF, R., GARCES, L.R., PIDO, M.D. Evaluating the Management Effectiveness of Marine Protected Areas at Seven Selected Sites in the Philippines. Marine Policy, v. 56, p. 33-42, 2015.
WWF-BRASIL & IBAMA. Efetividade de Gestão das Unidades de Conservação Federais do Brasil. Brasília: Ibama, 2007. 96. p.
Publicado
02/09/2017
Como Citar
ARARUNA, Rayza Ponce Leon; SOARES, Marcelo de Oliveira. Efetividade de manejo em unidade de conservação com manguezais: estudo de caso no litoral do Ceará, nordeste do Brasil. Geosaberes, Fortaleza, v. 8, n. 16, p. 53 - 68, set. 2017. ISSN 2178-0463. Disponível em: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/597>. Acesso em: 18 dez. 2018. doi: https://doi.org/10.26895/geosaberes.v8i16.597.
Seção
ARTIGOS

Palavras-chave

Área de Proteção Ambiental; Gestão ambiental; Zona costeira.