Análise socioambiental e microbiológica da água em trechos da microbacia do Rio de Janeiro, Barreiras, Bahia

  • Marluzi Alcântara da Silva Santos UNEB
  • Sandra Eliza Guimarães UNEB
  • Crisliane Aparecida Pereira dos Santos Universidade do Estado da Bahia

Resumo

É possível realizar a avaliação da qualidade dos recursos hídricos para se determinar e/ou diagnosticar as reais condições em que a água se encontra. O objetivo é analisar o papel da água como fator de risco à saúde dos consumidores. A metodologia se resume em avaliar a situação socioambiental dos usuários da água (11 comunidades), bem como realizar análises microbiológicas da água na comunidade de Pedra de Amolar, por meio do método Quant Tray 2000, sistema Colilert para coliformes. 47% da comunidade consomem a água in natura, 37% consomem água filtrada e 16% coada. Já às análises microbiológicas 62,5% das amostras apresentaram limite de coliformes termotolerantes superior a 1.000 UFC/100 ml de água, o que sugere uma contaminação por coliformes na água que abastece a comunidade Pedra de Amolar e reflete uma situação de risco à saúde. 

Publicado
02/09/2017
Como Citar
SANTOS, Marluzi Alcântara da Silva; GUIMARÃES, Sandra Eliza; SANTOS, Crisliane Aparecida Pereira dos. Análise socioambiental e microbiológica da água em trechos da microbacia do Rio de Janeiro, Barreiras, Bahia. GEOSABERES: REVISTA DE ESTUDOS GEOEDUCACIONAIS, Fortaleza, v. 8, n. 16, p. 12 - 22, set. 2017. ISSN 2178-0463. Disponível em: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/603>. Acesso em: 12 dez. 2017.
Seção
ARTIGOS

Palavras-chave

Saneamento ambiental; Doenças hídricas; Microbiologia da água.