Geocinema no ensino de geografia

Resumo

Neste artigo são apresentados os resultados parciais de um projeto de pesquisa que tomou o cinema como recurso auxiliar do processo de construção do conhecimento geográfico. Objetiva aprofundar a discussão sobre o uso do cinema nos estudos de Geografia entre os estudantes do Ensino Médio Técnico Integrado do Instituto Federal de Alagoas. Foram-lhes aplicados questionários para apontarem os assuntos mais difíceis, depois uma equipe multidisciplinar selecionou as produções cinematográficas de acordo com as ementas de Geografia. Percebeu-se que os estudantes apresentam dificuldades com temas como geopolítica, cartografia, clima, relevo e vegetação, embora demonstrem interesse por eles. Sugerem aulas mais dinâmicas, confirmando a importância da linguagem cinematográfica para o ensino de Geografia. Ao final se elaborará a apostila “Geocinema” para subsidiar o trabalho docente.


 

Biografia dos Autores

Elis Angela Botton, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha, Brasil

Docente da Educação Básica, Técnica e Tecnológica do Instituto Federal Farroupilha (IFFAR), Campus Frederico Westphalen.

Arthur Breno Stürmer, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas, Brasil

Docente da Educação Básica, Técnica e Tecnológica do Instituto Federal de Alagoas (IFAL), Campus Palmeira dos Índios.

Referências

ANDRADE, M. C de. Caminhos e descaminhos da Geografia. 3. ed. Campinas, SP: Papirus, 1989.
ARNAUD, A. R. O filme como recurso didático no ensino médio: uma experiência interdisciplinar no IFPB – Campus Sousa. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 3., 2016, Natal. Anais... Natal: UEPB, 2016. 12p. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2018.
BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Geografia. Brasília: MEC/SEF, 1998.
CAMPOS, R. R. de. Cinema, Geografia e sala de aula. Estudos Geográficos, Rio Claro, v. 4, n. 1, p. 1-22. jun., 2006. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2018.
FIORAVANTE, K. E. Geografia e cinema: as espacialidades do filem Adeus Lenin! Geografia em Questão, Marechal Cândido Rondon, UNIOESTE, v. 6, n. 1, p. 102-115 Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2018.
FREIRE, P. Educadores de rua: uma abordagem crítica: alternativa de atendimento aos meninos de rua. Bogotá: UNICEF, 1989.
KAERCHER, N, A. Desafios e Utopias no Ensino de Geografia. 2. ed. Santa Cruz do Sul: Edunisc, 1998.
KIMURA, S. Geografia no ensino básico: questões e propostas. São Paulo: Contexto, 2008.
OLIVEIRA, M. M. de. A Geografia escolar: reflexões sobre o processo didático-pedagógico do ensino. Expressões Geográficas, Florianópolis, UFSC, n. 2, p. 10-24, jun., 2006. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.
PONTUSCHKA, N.; PAGANELLI, T.; CACETE, N. Para ensinar e aprender Geografia. São Paulo: Contexto, 2007.
RODRIGUES, W. C. Metodologia científica. Paracambi: FAETEC/IST, 2007. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2018.
SANTOS, M. Por uma outra Geografia. 3. ed. São Paulo: Hucitec, 1986.
______. A natureza do espaço. 4. ed. São Paulo: Edusp, 2006.
SANTOS, E. M. dos; AMAZONAS, M. de A. Sexo/gênero/desejo no filme Labirinto de Paixões, de Pedro Almodóvar. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL FAZENDO GÊNERO, 13., Florianópolis. Anais eletrônicos... Florianópolis: UFSC, 2017. 10p. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.
SÃO PAULO. Secretaria de Estado da Educação. Currículo do Estado de São Paulo: ciências humanas e suas tecnologias. São Paulo: SED, 2011. p. 74-113.
SCHÄFFER, N. O. Ler a paisagem, o mapa, o livro... escrever nas linguagens da Geografia. In: NEVES, I. B. et al. (Org.). Ler e escrever: compromisso de todas as áreas. 8. ed. Porto Alegre: UFRGS, 2007. p. 86-103.
STÜRMER, A. B. Geografia interdisciplinar e desenvolvimento territorial. Geosaberes, Fortaleza, PPGGEO/UFC, v. 8, n. 16, p. 69-80, set./dez. 2017. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.
Publicado
17/12/2018
Como Citar
BOTTON, Elis Angela; STÜRMER, Arthur Breno. Geocinema no ensino de geografia. Geosaberes, Fortaleza, v. 10, n. 20, p. 1 - 12, dez. 2018. ISSN 2178-0463. Disponível em: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/695>. Acesso em: 20 maio 2019. doi: https://doi.org/10.26895/geosaberes.v10i20.695.
Seção
ARTIGOS