Zoning of green areas circundants to Josefina Teixeira de Azevedo School, in Guanambi-BA

Abstract

The predominance of green areas in the urban environment represents an important organizing element of the space through the forestation of squares, parks, gardens, woods and reserves. Environmental zoning is a planning of space occupation in an orderly manner and according to its characteristics and potentialities, functioning as an indicator of environmental quality and quality of life. The present article instigated the students of the 9th grade, from Elementary School II to the research of scientific initiation, with the objective of knowing and zoning the green areas surrounding the school and community and its importance for the aesthetic, functional and environmental quality of the city. The results evidenced that the urban expansion led to an intense process of degradation of the vegetation areas of the urban perimeter of Guanambi, resulting from the disordered urban process without planning and zoning of these areas.

Author Biographies

Jane Mary Lima Castro, Southwest Bahia State University, Brazil

Aluna do Programa de Pós-graduação em Geografia da Universidade Estadual do Sudoeste Baiano (UESB); Professora de Geografia da Secretaria Estadual de Educação (BA) e da Secretaria Municipal de Educação de Guanambi (BA).

Ivanilda Almeida Soares Bomfim, State Department of Education (BA) and Municipal Education Department of Guanambi (BA), Brazil

Professora de Geografia da Secretaria Estadual de Educação (BA) e da Secretaria Municipal de Educação de Guanambi (BA)

References

BAHIA. SEI. Indicadores Municipais: Guanambi. 2016. Disponível em: . Acesso em: 10 out. 2018.

BRASIL. Resolução CONAMA nº 369, de 28 de março de 2006. Publicada no DOU no 61, de 29 de março de 2006, Seção 1, páginas 150 – 151.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências Naturais/ Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1997.

COIMBRA, Jose de Ávila. O outro lado do meio ambiente. São Paulo: CETESB/ASCETESB, 1985.

GUANAMBI. Plano Diretor Participativo de Guanambi. Guanambi, 2007.

GUANAMBI. Lei n.º 034/01. Código de Defesa do Meio Ambiente. Guanambi, 2001.

IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Censo demográfico 2010. Disponível em: . Acesso entre jun. e out. de 2018.

LIMA, Valéria. AMORIM, Margarete C. C. T. A importância das áreas verdes para a qualidade ambiental das cidades. Revista Formação, nº13, 2006, p. 139 – 165. Disponível em: . Acesso em: 2 nov. 2018.

LOBODA, Carlos Roberto. Estudo das áreas verdes urbanas de Guarapuava-PR. 2003. Dissertação (Mestrado em Geografia). Universidade Estadual de Maringá, Maringá/PR.

MILANO, M.S. Avaliação e análise da arborização de ruas de Curitiba - PR. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Paraná, Curso de Pós-Graduação em Engenharia Florestal, Curitiba, 1984. 130f.

MORERO, A.M.; SANTOS, R.F.; FIDALGO, E.C.C. Planejamento ambiental de áreas verdes: estudo de caso de Campinas-SP. Revista do Instituto Florestal, v.19, n1, p. 19-30, jun. 2007.

NASCIMENTO, Gildava A. S. Análise socioambiental das áreas verdes do espaço urbano de Guanambi-BA. In: CASTRO, J. M. L.; BOMFIM, I. A. S.; NASCIMENTO, G. A. S. Bacias hidrográficas de Guanambi: uso, ocupação e conservação - rio Carnaíba de Dentro, riacho Belém e zoneamento urbano das áreas verdes. Brasília-DF: Exlibris, 2010.

NUCCI, J.C. Qualidade ambiental e adensamento urbano: Um estudo de ecologia e Planejamento da Paisagem aplicado ao distrito de Santa Cecília (MSP).Curitiba – PR: O Autor, 2. ed., 2008.

PEREIRA, Sofia R. N. A cidade de Guanambi - BA: articulações regionais e suas implicações na configuração do espaço urbano. Colóquio Baiano Tempos, Espaços e Representações: abordagens geográficas e históricas . Acesso em: 2 out. 2018.

PIVETTA, Kathia F. L. SILVA FILHO, Demóstenes F. Arborização Urbana. UNESP/FCAV/FUNEP Jaboticabal, SP. 2002. Boletim Acadêmico Série Arborização Urbana. Disponível em . Acesso em: 2 out. 2018.

SÁNCHEZ, I. Avaliação de Impacto Ambiental: conceitos e métodos. 2. ed. São Paulo:
Oficina de Textos, 2013.

VALLE, C. E. Qualidade ambiental: como ser competitivo protegendo o meio ambiente. São Paulo: Pioneira, 1995. p.117.

VIEIRA, P.B.H. Uma Visão Geográfica das Áreas Verdes de Florianópolis-SC: estudo de caso do Parque Ecológico do Córrego Grande (PECG). 2004. 109 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geografia), Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis,
2004.
Published
01/09/2019
How to Cite
CASTRO, Jane Mary Lima; BOMFIM, Ivanilda Almeida Soares. Zoning of green areas circundants to Josefina Teixeira de Azevedo School, in Guanambi-BA. Geosaberes, Fortaleza, v. 10, n. 22, p. 125 - 135, sep. 2019. ISSN 2178-0463. Available at: <http://geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/813>. Date accessed: 30 sep. 2022. doi: https://doi.org/10.26895/geosaberes.v10i22.813.
Section
ARTICLES